O senador Eduardo Gomes (MDB-TO) apresentou na quinta-feira, 13, no plenário do Senado o PL 4.201/2020 que “altera a Lei nº 9.504, de 30 de setembro de 1997 (Lei das Eleições), para autorizar a propaganda paga mediante banners eletrônicos na Internet“. O cerne das alterações propostas pelo senador está na ampliação do que passa a ser considerado gastos eleitorais para incluir a construção de sites para fins eleitorais bem como a publicidade em banners e impulsionamento de conteúdo.

No texto de justificativa para o PL, o senador argumenta que “a propaganda eleitoral pela Internet é, sem dúvida, importante mecanismo para barateamento de campanhas e consequente democratização do acesso a cargos eletivos” e “ocorre que, estranhamente, a Lei nº 9.504, de 30 de setembro de 1997, a Lei das Eleições, não veicula permissivo para a contratação de banners eletrônicos, conquanto faculte o impulsionamento de conteúdos e autorize a propaganda na reprodução virtual das páginas de jornal impresso na Internet”.

Ciência de dados

Netflix libera código de seu notebook Polyglot – a empresa de streaming Netflix, mais conhecida pela sua capacidade de tomar o nosso tempo com filmes e séries em todos os dias da semana, abriu o código de seu ambiente de desenvolvimento para ciência de dados Polyglot. Entre as funcionalidades do notebook, que o diferenciam dos demais, estão uma melhor experiência de edição, suporte para uso de linguagens múltiplas, aprimoramento na plotagem de visualizações, gerenciamento de dependências e maior facilidade na reprodução de cada experimento.

Redes sociais

Twitter agora dá mais controle para conversações – o Twitter anunciou em seu blog oficial que passará a oferecer para todos os usuários da plataforma mais controle sobre quem pode interagir com as postagens. São três opções: todos os usuários podem interagir, como é o padrão atualmente na rede; apenas as pessoas que você segue; ou apenas quem foi mencionado em cada conteúdo. As opções afetam apenas as respostas, quem não conseguir responder ainda poderá ver, retuitar, retuitar com um comentário e curtir.

Tecnologia

Apple é a primeira empresa a ser avaliada em US$ 2 trilhões – mesmo no cenário de uma pandemia que afetou dramaticamente a economia mundial, a Apple foi avaliada na quarta-feira, 19, como a primeira empresa de capital aberto a chegar ao patamar de US$ 2 trilhões. Quase dez anos depois da morte de seu fundador, Steve Jobs, a empresa conseguiu manter seu crescimento pelas mãos o atual CEO, Tim Cook.

Cetic.br publica pesquisa sobre uso da internet na pandemia – o Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação, ou Cetic.br, publicou na quinta-feira, 13, a primeira edição da Pesquisa sobre o uso da Internet no Brasil durante a pandemia do novo coronavírus, com abordagem sobre atividades na internet, cultura e comércio eletrônico. A pesquisa, que vai até a terceira edição, abordará futuramente serviços públicos on-line, privacidade, telessaúde, ensino e trabalho remotos.

Deixe uma resposta