Ferramentas para jornalistas (e curiosos em geral)

Essa é uma lista em progresso e em constante revisão. Aqui você poderá encontrar sugestões de ferramentas para jornalistas, muitas livremente disponíveis na internet e algumas outras pagas, para facilitar a vida dos profissionais de redação (e para diversão dos curiosos). Tem uma sugestão? Manda aqui!

(atualizada em 18 de dezembro de 2019)

Bancos de dados e fontes

Data World -> a ferramenta fica entre um banco de dados e uma ferramenta de ciência de dados porque, na verdade, é ambos. É uma rede social, uma espécie de Facebook em que os usuários criam catálogos próprios, possivelmente compartilhados, com grandes quantidades de informações. Para lidar com esse volume, a rede provê integrações com diversas outras ferramentas, entre elas o Jupyter Notebook.

Datasur -> serviço pago que fornece relatórios sobre as importações e as exportações de países da América Latina.

DIME -> provê informações detalhadas sobre remédios de alto custo em alguns países da América Latina.

MedsPal -> fornece informação sobre a quebra de patentes de remédios para HIV, hepatite C e tuberculose em países pobres.

Request a Scientist -> o site provê contatos de cientistas mulheres em diversos países e em inúmeros campos de expertise. É um diretório de fontes de informação que tem por objetivo aumentar a voz das mulheres na mídia.

Big Data e data science

Jupyter Notebook -> o padrão da indústria no dia-a-dia da ciência de dados. Incrível, lindo, versátil. De longe uma das minhas ferramentas prediletas.

Kaggle -> tem uma certa semelhança com o Data World, mas é na verdade um enorme playground para cientistas de dados. Ótimo lugar para aprender e sempre uma boa fonte de informação. Se você procura um cientista de dados, é o lugar certo.

OpenRefine -> aplicação do que antes era conhecido como Google Refine, é um sistema para limpeza de grandes quantidades de dados. É uma espécie de Excel com esteróides e tem apoio do Google News Initiative.

Forense

Forensic Architecture -> agência de investigação forense, ligada à Universidade de Londres, especializada em investigações espaciais em casos de violação de direitos humanos e destruição ambiental, bem como em casos de violência corporativa ou estatal. A instituição faz parcerias com organizações de mídia e de direitos humanos.

Imagens de satélite

DigitalGlobe -> serviço pago sob consulta com promessa de imagens atualizadas todos os dias, imagens de ondas-curtas e de radar, com serviços voltados para mapeamento terrestre e segurança.

Planet -> o serviço é pago sob consulta e provê monitoramento terrestre com uma resolução prometida de 72 cm e imagens atualizadas duas vezes por dia.

TerraServer -> o serviço é pago mas oferece imagens atualizadas de satélite e alguns serviços especiais, como modelos de superfície e sensores específicos.

Mapeamento de risco

Dataminr -> detecção em tempo real de eventos de risco, no mundo todo. O serviço promete, com uso de inteligência artificial, identificar sinais precoces de acontecimentos graves, para que empresas e o setor público tomem medidas rápidas.

Digital Attack Map -> mostra um mapa de ataques DDoS em todo o mundo, em uma iniciativa do Google Ideas com a Arbor Networks. Tem filtro detalhados por região.

Monitoramento de redes

InVID -> o projeto tem uma extensão para Chrome e Firefox que permite obter a data de publicação de vídeos no Youtube, fazer pesquisas avançadas no Twitter, pesquisa reversa por imagem e pesquisa por frame de vídeos.

Montage -> permite que equipes trabalhem colaborativamente na análise de vídeos do Youtube.

SAM Desk -> faz escuta, por palavra-chave, em diversas plataformas de mídias sociais. Tem por foco profissionais que precisem de uma ferramenta para acompanhamento de crises.

Rastreamento de transportes

ADSBexchange -> acompanhamento em tempo de real de voos em todo o mundo. O diferencial prometido pelo o site é o rastreamento sem filtros, o que coloca no radar voos militares e particulares.

FlightRadar24 -> acompanhamento em tempo real de voos em todo o mundo.

Segurança

Cryptomator -> serviço de encriptação de arquivos em nuvem. Veja bem, não é a encriptação que é feita na nuvem, o programa é que criptografa seus arquivos guardados em nuvens como Dropbox, Google Drive, etc.

Jigsaw -> uma iniciativa do Google com inúmeras ferramentas de segurança voltadas para jornalistas. Muitas ferramentas listadas aqui nascem do projeto, casos do Outline VPN e do Digital Attack Map.

Outline VPN -> uma forma simples, e deveras barata, de criar VPNs privadas para uso por equipes ou empresas. Uso frequentemente, em todos meus aparelhos, e é de longe a melhor solução VPN que conheço.

Protonmail -> serviço seguro, com encriptação local e codificação de mensagens de email.

Tutanota -> serviço de email que provê mecanismos mais robustos de segurança que os convencionais.

Wickr -> serviço pago de mensagens instantâneas com promessa de maior segurança para seus usuários.

Visualização da dados

Datawrapper -> é um criador de gráficos, de diversos tipos. A partir de uma planilha de dados é possível criar até 19 tipos diferentes de gráficos, de linhas a scatterplots. Tem versões gratuitas e pagas.

Linkurious -> prevê uma forma de visualização com links entre entidades presentes em vários documentos. É uma espécie de gráfico de relacionamento de redes.