Perfil do Jornalista Brasileiro 2021 – a Universidade Federal de Santa Catarina divulgou a pesquisa sobre os jornalistas brasileiros esta semana. O trabalho estuda as características sociodemográficas, políticas, de saúde e trabalho da categoria. Entre os resultados para 2021, sabemos que o jornalismo paga pouco para profissionais com formação elevada (60% ganha menos de R$ 5,5 mil), o que não é exatamente uma novidade. O mercado está, também, cada vez mais precário.

Autores recusam medalha da Biblioteca Nacional após indicação de Silveira – tudo o que eles tocam, se perverte.

MEC fecha acordo com Google para oferta de ferramentas educacionais – não, não é bom, queira-se vender como uma medida positiva à vontade, mas nunca será bom. É o inferno da privacidade, são os dados de todos os beneficiários na ponta compartilhados com big techs, não há compartilhamento de desenvolvimento tecnológico e, de quebra, todos os dados públicos estão na mão de quem não deveria ter acesso a eles.

Coda.br Amazônia – a Conferência Brasileira de Jornalismo de Dados e Métodos Digitais (Coda.br) vai ter uma edição regional, em 27 e 28 de julho, em Belém (PA). As inscrições estão abertas.

The Eternal Jukebox – um cara, o Paul Lamere, teve a ideia de usar inteligência artificial para produzir versões eternas de uma música, de novo, explicando de outra forma: você pode ouvir aquela sua música predileta eternamente, em uma versão sem fim, mas não exatamente sempre igual. É praticamente uma definição do inferno.

A visualização da versão eterna de Gangnam Style.

(Visited 1 times, 1 visits today)

Deixe uma resposta